FlexASComp

 

Designação do projeto | FlexASComp – Célula Flexível de Montagem de Pequenos Componentes com Clips

Código do projeto | POCI 01 0247 FEDER 045070

Objetivo principal | Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção | Região Centro e Norte

Entidade beneficiária | DIB4T, Lda; UNIVERSIDADE DO MINHO

 

Data de aprovação | 11/12/2019

Data de início | 01/02/2019

Data de conclusão | 31/01/2023

Custo total elegível | € 310 179,37

Apoio financeiro da União Europeia | € 236 921,38 (FEDER)

 

Objetivo:

O FlexASComp tem como o objetivo desenvolver soluções que garantam a criação de valor nos produtos
da DIB 4 T, a sua adaptação à realidade da Indústria 4 0 e à exigência do sector automóvel, através do
conhecimento e competências gerados em Portugal.
O FlexASComp prevê o desenvolvimento de uma célula de trabalho autónoma, flexível, semi automática
ou automática que permita minimizar o tempo gasto na inserção de componentes na operação de
montagem de componentes no PCB para o Cliente, principalmente no que se refere aos conectores, uma
vez que é com estes que é despendido mais tempo devido ao número de pernos que são necessários
inserir Adicionalmente, propõe se que a célula flexível de montagem “ seja adaptável, robusta e
leve, que garanta a “ e a qualidade total na assemblagem.
A standardização dos módulos da célula FlexASComp permitirá otimizar o processo produtivo da DIB4T
neste tipo de equipamentos, reduzindo tempos e custos produtivos passando a tratar a produção de
pequenas séries ao invés da produção individualizada, como se verifica atualmente Assim,
desenvolvendo células com componentes modulares standard, flexíveis e de fácil manutenção, permitirá a
substituição em caso de danos ou desgaste muito mais fácil e rápida, face ao modelo tradicional o que
permite, ainda, à DIB 4 T elaborar um plano de manutenção mais fiável e seguro nas unidades
FlexASComp a desenvolver.
As inovações propostas serão traduzidas em pelo menos uma patente e duas publicações técnicas e
científicas.

Resultados Esperados:

• Nova Célula Flexível de Montagem de Pequenos Componentes com Clips:
  • Célula de trabalho com um robô colaborativo na inserção de componentes eletrónicos em placas de
    circuito impresso que exigem elevada precisão e repetibilidade;
  • Célula de trabalho com robô colaborativo possuindo capacidades de autodiagnóstico nomeadamente
    ao nível da repetição e da precisão;
  • Ferramentas protótipo com caraterísticas específicas para segurar componentes eletrónicos de
    pequena dimensão e de elevada fragilidade, dedos e peças; e
  • Célula de trabalho i4.0

 

 

 

 

 

 

voltar